Agora

Rádio Construtiva

03:01 - 05:54

Notícia

Exposição com Materiais da Campanha da Fraternidade

ECC, em Campo Largo, reúne diversos materiais da Campanha da Fraternidade na exposição
Exposição com Materiais da Campanha da Fraternidade
Marli Netzel

O Espaço de Cultura Cristã (ECC), em Campo Largo da Piedade, Paraná, reuniu alguns materiais antigos da Campanha da Fraternidade e está realizando uma exposição na própria Capela do ECC.
O material mais antigo do acervo é um disco vinil compacto, com cantos litúrgicos de 1985, com o lema: Pão para quem tem fome.

Outra relíquia do acervo é um disco vinil compacto da CF de 1989, com o tema: Fraternidade e a comunicação, com o lema: Comunicação para a verdade e a paz.

A exposição acontece de 17 de fevereiro de 2021 (quarta-feira de cinzas), a 04 de abril de 2021 (Domingo de Páscoa).

Devido à pandemia da Covid-19, a exposição não será aberta ao público em geral, mas apenas virtual e a alguns convidados.

A CAMPANHA DA FRATERNIDADE
O sonho da Campanha da Fraternidade (CF) teve origem alguns anos antes do Concílio Ecumênico Vaticano II, quando um pequeno grupo de padres recém-ordenados, sob coordenação de Dom Eugênio Sales, então presidente da Cáritas Brasileira e administrador apostólico de Natal (RN), reunia-se todos os meses para rezar e refletir sobre a igreja e a pastoral.

Assim, o primeiro esboço do que viria a ser a Campanha da Fraternidade aconteceu em Natal, em 1962. Esse projeto foi lançado em nível nacional no dia 26 de dezembro de 1963, através de uma carta de Dom Helder Câmara, então secretário geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), para todo o episcopado brasileiro.

Na quaresma de 1964, o Brasil vive sua primeira Campanha da Fraternidade com o lema: Lembre-se, você também é igreja. Em 2014, a CF completou seu jubileu de ouro, 50 anos, com o Tema: Fraternidade e Tráfico Humano. Este ano de 2021, a CF completa 57 anos e realiza a V Campanha da Fraternidade ecumênica, com o tema: Fraternidade e diálogo, com o lema: Cristo é a nossa paz – do que era dividido, fez uma unidade (Efésios 2, 14).
Texto elaborado com base na Revista de Aparecida, março de 2011, pg. 50.


MENSAGEM
Para que a CF tenha bom êxito, é preciso que haja gestos concretos por parte de todas as pessoas, principalmente dos cristãos.
Lembramos que o gesto concreto não se resume apenas às coletas, mas com um compromisso e responsabilidade sócio-transformador.

A CF tem um método de trabalho muito bom que é conhecido como Educação Popular: ver, julgar, agir.
Então, vão aqui cinco regrinhas simples para trabalhos em pequenos grupos: Ver, refletir, agir, avaliar, celebrar.

VER as realidades em todos os aspectos: família, bairro, vizinhança, trabalho, educação, política, saúde, meio ambiente, igreja, etc.

REFLETIR: analisar as causas e consequências, à luz da Palavra de Deus.

AGIR: buscar coletivamente alternativas para a solução dos problemas. Cobrar dos governantes o que é dever deles.

AVALIAR: depois de cada ação, projeto ou plano, o que poderia ser diferente e melhor. O que deu certo. O que não deu certo. Recomeçar sempre, sem desanimar.

CELEBRAR pequenas conquistas, fatos do dia a dia, os desafios. A Palavra de Deus é Luz, é Força, é Deus falando pelo povo e para o povo. Celebração da Palavra ou Santa Missa.

Então, mãos à obra! Ajude a evangelizar, compartilhe este conteúdo com seus amigos, familiares, vizinhos e outros.

Feliz Páscoa a todos!

Fonte(s): Marcos Netzel

Comentários

Últimas notícias

30 Mar
Rádio Construtiva
Zumbido no ouvido. Empresa desenvolve aparelho que apaga o barulho

Zumbido é um problema que afeta milhões de brasileiros

26 Mar
Rádio Construtiva
Semana Santa

A Semana Santa também é conhecida como Semana Maior

12 Mar
Rádio Construtiva
Quando a criança brinca sozinha não é algo ruim

Segundo uma especialista, ruim é a criança sempre brincar sozinha, o tempo todo

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.